Home História dos Reflectores História dos Reflectores

PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Há muihistoria reflectoresto tempo, na América dos anos 50, surgiu o primeiro artigo sobre reflectores de segurança (roupa reflectora nos EUA). Anteriormente folhas reflectoras produzidas pela empresa 3M Co. tinham sido utilizadas na sinalização das estradas e em breve placas metálicas cobertas de material reflector foram introduzidas em muitos países. Mas foi nos países europeus, Reino Unido e especialmente na Escandinávia que a visibilidade dos peões à noite foi levada mais a sério pelas autoridades nos finais dos anos 50 e início dos anos 60, fazendo campanhas acerca da utilização de reflectores para peões.

Desde o início que empresas privadas também se juntaram ao trabalho da prevenção de acidentes com peões e encontraram nos reflectores de segurança um bom meio de fazer publicidade doando estes produtos que salvam vidas.

No início dos anos 60 foram fornecidos reflectores de peões às crianças em idade escolar em vários países europeus. Na Finlândia a empresa Philips Ltd. doou reflectores de segurança a todas as crianças do primeiro ano do ensino básico e campanhas a nível nacional foram lançadas com anúncios em todos os meios de comunicação promovendo a utilização dos reflectores nas horas nocturnas.

Na Universidade de Uppsala na Suécia, medidas foram implementadas para a eficácia dos reflectores relativamente à distância no contexto da visibilidade para os motoristas.

A primeira geração de reflectores para peões foi substituída pelo reflector de prisma em plástico em meados dos anos 60, quando a Polícia de Trânsito Finlandesa em conjunto com a Talja (a Secção de Tráfego da Associação de Defesa contra Acidentes) recorreu ao Sr. Arvi Lehti (fundador da TALMU) para a obtenção de um reflector de segurança mais eficaz e funcional para peões. Em 1965 o primeiro reflector de segurança para peões de alta visibilidade e de prisma para todas as condições atmosféricas foi criado.

Cada vez mais empresas viram nos reflectores de segurança uma forma de fazer algo pelas suas comunidades com a informação e promoção de mensagens impressas para os seus clientes. Mais uma vez, em 1967 na Finlândia, meio milhão de reflectores foram doados a todas as crianças do ensino básico pela Orion Medicine Company e a Polícia de Tráfego Finlandesa visitou as crianças nas suas escolas dando informação sobre segurança no tráfego com os reflectores.

Hard Reflector OwlNos finais dos anos 60, após todo o trabalho árduo acerca da utilização dos reflectores para peões, as estatísticas na Suécia e na Finlândia mostravam que acidentes envolvendo peões à noite tinham diminuído. Estudos finlandeses demonstravam que cerca de 40% dos peões usavam reflectores.

1971 A Organização Sueca de Segurança no Tráfego – NTF, surgiu com a primeira sugestão de que se deveria acrescentar ao código da estrada a utilização de reflectores pelos peões em estradas escuras ou sem iluminação, mas levou muito tempo até isso se tornar realidade.

1972 A Finlândia estabeleceu requisitos mínimos para prevenir a venda de produtos de baixa qualidade como reflectores de segurança. Os padrões oficiais (SFS) para reflectores de peões foram estabelecidos na Finlândia em 1979.

Nos anos 80 o uso de reflectores de peões aumentou gradualmente, maioritariamente na Escandinávia e as pessoas detinham o conhecimento sobre reflectores, as atitudes eram positivas e as principais razões pelas quais os reflectores não eram usados eram actos irreflectidos ou esquecimento.

1982 Foi promulgada uma lei no Código da Estrada finlandês (42§) que dizia “os peões que caminham em estradas não iluminadas à noite, onde não existam passeios ou pistas para bicicletas, têm no geral de utilizar um reflector apropriado.” Não havia qualquer penalidade para quem não cumpria a lei. Desde 2003 lê-se no 42§ “os peões que caminham em estradas à noite têm de utilizar um reflector apropriado.” Agora inclui zonas iluminadas e não iluminadas uma vez que a iluminação exterior é geralmente fraca.

1983, o Ano Nórdico sobre Segurança no Tráfego com grandes campanhas efectuadas pelas organizações de segurança no tráfego nacionais, pela polícia de trânsito, fabricantes e empresas patrocinadoras, aumentou a disseminação da informação sobre reflectores através da televisão todos os Outonos e nos finais dos anos 80 o resultado foi que os reflectores eram usados por 60% dos peões. Os Países Nórdicos estabeleceram conjuntamente padrões universais para reflectores de segurança de peões.

Rflctr_Santa_smNos anos 90 os países da União Europeia começaram a adoptar as SFS e padrões Nórdicos para PPE (equipamento de protecção pessoal) tais como capacetes e outros. A Directiva PPE incluía padrões de roupa de alta visibilidade e reflectores para peões (EN 13356 Acessórios de Visibilidade de Uso Não-Profissional).

Os reflectores para peões de terceira geração – os reflectores prismáticos maleáveis – foram inventados com um sem fim de possibilidades de formatos e cores e o número de fabricantes de reflectores aumentou dando origem a custos de produção mais baixos para a criação de uma variedade de reflectores atraentes, infelizmente muitos não cumpriam os padrões de reflexibilidade ao tentarem ir ao encontro das exigências dos clientes para criar reflectores divertidos e modernos.

Além das crises económicas dos anos 90, os fabricantes foram forçados a encontrar soluções que nem sempre eram boas para a segurança. A fraca qualidade dos reflectores de ambos os tipos, tanto rijos como maleáveis, surge no mercado, continuamente confundindo os consumidores, dando trabalho adicional às autoridades e colocando os utilizadores de reflectores de má qualidade em perigo real.

historia reflectoresQuando a utilização de reflectores de segurança começou a ser recomendada no início dos anos 60, só na Finlândia os peões envolvidos em acidentes eram cerca de 300 por ano e muito mais tarde, no ano 2002 houve 40 mortes de peões nas estradas finlandesas e hoje em dia um em cada três peões usa reflectores de segurança nas localidades e dois terços fora das localidades. A Finlândia pode ainda ser o único país onde os peões têm geralmente de usar um reflector apropriado à noite.

 

2010 A empresa SegurançAgora.com™ foi fundada para introduzir em Portugal os reflectores de segurança para peões e para promover a segurança no tráfego.

Como peão, em Portugal, você não é obrigado por lei a  usar reflectores no tráfego nocturno mas é altamente recomendável e inteligente usar um reflector de segurança para peões.

Fotos e texto pela SegurançAgora.com


 

Produtos Mais Recentes

Aviso de Segurança

? Chamamos a atenção de que alguns reflectores podem parecer iguais mas não cumprem os requisitos de reflexibilidade dando uma falsa sensação de segurança a quem os utiliza.

vsign-ce-small

Para a Sua Negócio




Login






Carrinho de compras

VirtueMart
O seu carrinho de compras encontra-se vazio de momento.

payment_banner12_engpt